31.8.10

Salário mínimo poderá ser de R$ 538,15 em 2011



O projeto de lei orçamentário para o próximo ano, encaminhado pelo governo ao Congresso nesta terça-feira (31), prevê o salário mínimo em R$ 538,15 e crescimento da economia de 4,5%.

A proposta foi entregue pelo ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, ao presidente do Senado, José Sarney, e valerá para o primeiro ano do novo governo.

Com relação ao salário mínimo, Bernardo reconheceu que o valor já está defasado em relação às projeções do Ministério da Fazenda.

A meta de superavit primário (economia para pagar os juros da dívida pública) para 2011 foi fixada em termos nominais, e não como percentual do PIB (Produto Interno Bruto).

O superavit primário previsto é de R$ 125,5 bilhões. Neste ano, a meta é 3,3% do PIB, ou seja, o resultado pode variar de acordo com a taxa de crescimento da economia brasileira.

"Se o PIB crescer mais, a meta vai ficar um pouco menor. Mas se crescer menos, fica maior", afirmou Bernardo a jornalistas. "É uma regra neutra e é mais previsível

fonte: uol

Nenhum comentário: