30.9.10

Tremor de terra em Montes Claros


Passados mais de 24 horas do ocorrido, os tremores de terra que assustaram parte da população montesclarense ainda é o assunto do qual mais se fala.
Hoje por volta das 17h e 30min o Observatório Sismológico de Brasília divulgou as ondas dos sismos, que tiveram magnitude de   2,8 Richter no 1º sismo as 13h54min42s  e 2.4 Richter no 2º sismo as  14h34min45s 

foto do site montes claros.com


29.9.10

Tremor de terra assusta população de Montes Claros

Hoje por volta das 14 horas, a população de Montes Claros no norte de Minas Gerais foi surpreendida com um forte estrondo. A princípio, pensou-se que poderia ser ruídos provocados por bombas em pedreiras nas serras que rodeiam a cidade. Mas logo em seguida, cerca de meia hora aproximadamente aconteceu um segundo, que deixou este professor com a certeza de que se tratava de um tremor de terras.
No momento eu estava em sala de aula e tive que procurar tranquilizar as crianças que ficaram bastante assustadas.
Há poucos instantes um técnico do Instituto Sismológico de Brasília – estação de Itacarambi – município próximo a Januária também no norte de Minas postou no site montes claros.com
A seguinte mensagem que confirma o fato:

De: Instituto Sismológico de Brasília /João Alberto Cruz Vieira
Data: 29/9/2010 16:12:04
Cidade: Brasília DF
Boa Tarde. Como o site www.obsis.unb.br está sobrecarregado devido ao elevado número de acessos, enviarei as informações básicas por e-mail.
1º sismo: 13h55min12s Magnitude: 2,7 Richter
2o sismo: 14h35min15s Magnitude: 2,3 Richter
O evento foi detectado pela estação JAN7, situado em Itacarambi - MG e a distância do epicentro até a estação foi de 179Km.
O epicentro foi no centro da cidade de Montes Claros - MG
Demais dúvidas estarão esclarecidas no boletim sísmico do nosso site.
Obrigado
João Alberto Cruz Vieira - Graduando em Geofísica da Universidade de Brasília


28.9.10

Wendel: Tenente reformado do Exército é acusado de abusar de 13 sobrinhas

Os Jornais de Belo Horizonte, divulgaram nesta tarde os depoimentos de duas sobrinhas do Tenente reformado do Exército  na Delegacia da Polícia Federal em Montes Claros.
Abaixo está a transcrição na íntegra do conteúdo publicado pelo Jornal Hoje em Dia Online
Duas irmãs contaram que eram molestadas desde os dois anos pelo homem, que é investigado por outros abusos

Mesmo sabendo que crimes prescreveram, sobrinhas denunciam
 e temem por represálias, caso o tio fique solto
Da Sucursal do Norte de Minas - 28/09/2010 - 16:31
MONTES CLAROS – O tenente reformado do Exército Brasileiro, Wendel Nassau Nether foi acusado nesta terça-feira (28) por duas sobrinhas de ter abusado e estuprado mais de 13 mulheres da família em várias cidades de Minas Gerais, conforme depoimentos prestados na Delegacia da Polícia Federal em Montes Claros. As duas tiveram a identidade mantida em sigilo, pois alegam que estão sofrendo ameaças veladas e apesar dos crimes estarem prescritos, querem descobrir se existe mais algum caso similar.

A curiosidade é que as duas irmãs somente descobriram que cada uma foi abusada sexualmente pelo tio depois que ele foi preso no último dia 23, pela Polícia Federal, acusado de pedofilia. Elas foram comunicar aos familiares que tinham sido vítimas da violência sexual, quando se descobriu que várias delas tinham sido molestadas sexualmente. O tenente reformado está preso na sede do 55º Batalhão do Exército, em Montes Claros.

O delegado Fernando Antônio Bonhsack, chefe da Delegacia da Polícia Federal em Montes Claros explicou que três vítimas de abusos sexuais já prestaram depoimentos e está sendo aguardado o depoimento de mais uma pessoa. Ele anunciou que apesar dos crimes cometidos contra as sobrinhas estarem prescritos, a expectativa é deles estimularem outras vítimas a prestarem depoimentos para comprovar a denúncia de pedofilia. O delegado lembra que o acusado apresenta o perfil de uma pessoa violenta e que no distrito de Adão Colares, na zona rural de Botumirim, atuava como um xerife, determinando as normas e condutas no local.

Os policiais federais estão na localidade averiguando se alguma criança ou adolescente do local também sofreu algum tipo de abuso sexual, principalmente das participantes do Coral Capivara, que existe no local e foi criado pelo acusado. Uma menina de seis anos está sendo ouvida para verificar se foi abusada.

Na entrevista que concederam, as irmãs explicaram que desde os dois anos de idade estavam sendo molestadas pelo tio, sem que pudessem fazer nada, pois ele ameaçavam matar os pais das vitimas. Uma delas inclusive foi estuprada pelo tenente do Exército. A violência sexual ocorreu até os 16 anos e 17 anos e obrigou a mais velha, hoje com 33 anos, a inclusive sair de Montes Claros para evitar os abusos. Ela também passou a esconder debaixo da cama a sua irmã que é três anos mais nova, para impedir que fosse abusada. Porém, a irmã acabou sendo molestada também.

Um das vítimas cita que uma sobrinha da esposa do tenente, que morreu quando tinha 12 anos, também foi molestada sexualmente e no dia do seu velório, assumiu o compromisso de que um dia tornaria público o caso. Na última sexta-feira (24), depois da prisão, as primas reuniram os familiares para comunicar que tinham sido abusadas, já que os familiares acreditavam até então na inocência dele

25.9.10

Inaugurado o parque estadual Lapa Grande


Na sexta-feira (24), foi inaugurado o Parque Estadual Lapa Grande, em Montes Claros. Cerca de 600 mil reais foram investidos na sua infra-estrutura que contou com a construção de uma portaria e reformas no conjunto arquitetônico da sede do parque, uma casa que será o Centro de Visitantes, uma sede administrativa, alojamentos para funcionários e pesquisadores, uma cozinha e uma ETE- Estação de Tratamento de Esgotos.
Criado em 2006, o parque ocupa a sede da antiga fazenda Lapa Grande. A região abriga importantes mananciais de fornecimento de água para a comunidade de Montes Claros e cidades vizinhas.

A vegetação predominante é o cerrado. O parque possui um extenso patrimônio natural e arqueológico, com 58 grutas, o destaque fica para a gruta Lapa Grande, que tem 2,2 quilômetros de extensão e dá nome ao parque. Foram catalogadas na UC cerca de mil pinturas rupestres, um importante patrimônio arqueológico a ser preservado.

O Refúgio de Vida Silvestre tem como objetivo proteger ambientes naturais onde se asseguram condições para a existência ou reprodução de espécies ou comunidades da flora local e da fauna residente ou migratória.

24.9.10

Wendel Nassau Nether é preso, acusado de pedofilia

foto G1
Algumas armas foram encontradas em fundo falso de parede
Um oficial reformado do Exercito Brasileiro reformado foi preso suspeito de pedofilia e porte ilegal de armas pela Polícia Federal de Montes Claros, no Norte de Minas. De acordo com o delegado federal Fernando Bonhsack, o homem foi flagrado durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na fazenda onde morava durante a tarde de quinta-feira, em Botumirim, na operação batizada de "Operação Senhor das Armas".
A polícia havia recebido há dois meses uma denúncia de que Wendel de Nassau Nether, de 65 anos, guardava muitas armas em casa e assediaria algumas meninas da cidade. Depois de verificar que as denúncias eram verdadeiras, os investigadores solicitaram um mandado de busca e apreensão.

 Segundo o delegado, na casa do suspeito foram encontradas várias armas, munição e muitas bombas caseiras. Entre as armas apreendidas estavam duas armas de uso restrito: um fuzil de uso exclusivo das Forças Armadas e uma Luger, uma pistola alemã calibre 9 milímetros. Bonhsack destacou que o fuzil tinha um brasão da República e que a procedência da arma será investigada.
Além das armas, a polícia encontrou um pen drive repleto de imagens de crianças em cenas de sexo explícito. O ex-policial militar foi preso em flagrante por porte ilegal de armas e por portar imagens de pornografia infantojuvenil, crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
Mais investigações
Wendel também é fundador de um coral formado apenas por meninas em Botumirim. A polícia vai investigar se houve algum tipo de assédio contra as crianças do grupo. O suspeito também se mostrou violento na Delegacia de Polícia Federal de Montes Claros, onde ameaçou os agentes federais de morte caso saísse da cadeia.
O delegado disse ainda que mulheres da família do suspeito o procuraram para formalizar denúncias de abuso. Elas teriam sido estupradas pelo ex-policial há alguns anos. "Todas as denúncias serão investigadas", competou Bonhsack.
fonte Estado de Minas
...................................................................................................................................................................................
Atenção: O Jornal Estado de Minas errou quando cita o Oficial do Exército Brasileiro como um Ex-policial Militar. Onde se lê "policial Militar", leia-se "Tenente reformado do Exército Brasileiro".

15.9.10

Abertas inscrições para candidatos a diretores de escolas públicas em Minas Gerais

Os profissionais da educação interessados em pleitear o cargo de diretor já podem se inscrever para o 3º Exame de Certificação Ocupacional de Dirigente Escolar de Escola Estadual. As inscrições para o exame começam nesta quarta-feira (15) e a certificação, que tem validade de quatro anos, habilita o candidato aprovado a exercer o cargo de diretor de escola estadual, caso seja o escolhido pela comunidade escolar no processo de indicação de diretor. Podem se inscrever, até o dia 30 de setembro, os servidores estaduais, efetivos ou efetivados, que atuem nas carreiras de professor de educação básica, especialista em educação básica, supervisor pedagógico e orientador educacional. Além disso, o servidor deve ter formação superior voltada para o magistério e ter obtido pontuação igual ou superior a 70 pontos no último período da avaliação de desempenho individual.
As inscrições podem ser feitas pelo site da Secretaria de Estado de Educação através do link www.educacao.mg.gov.br/certificacao . A previsão é de que o exame seja aplicado no dia 21 de novembro de 2010. Os candidatos lotados em escolas vinculadas às Superintendências Regionais Metropolitanas (SRE) A, B e C farão prova em Belo Horizonte. Os demais prestarão o exame nas sedes das SREs às quais estiverem vinculados. A prova terá duração de quatro horas e será composta por 60 questões de múltipla escolha, cada uma com quatro opções de resposta. O conteúdo será retirado do guia de estudos específico, organizado pela Secretaria de Educação, e disponível no site da secretaria.
A certificação será concedida ao candidato que obtiver o percentual mínimo estipulado para cada competência. A listagem dos candidatos certificados será disponibilizada no “Minas Gerais” e também no site da SEE até 15 de dezembro, de acordo com o cronograma. Embora não garanta ao candidato a nomeação/designação ao cargo de dirigente escolar pretendido, a certificação é um requisito essencial para participar do processo de indicação de diretor de escola.
Professores certificados

A Secretaria de Estado de Educação já promoveu dois exames de Certificação Ocupacional de Dirigente Escolar de Escola Estadual, nos anos de 2006 e 2007. Nas duas edições foram certificados 11.364 educadores nas 46 Superintendências Regionais de Ensino do Estado. Atualmente, 851 dos 853 municípios de Minas Gerais possuem professores certificados.

12.9.10

Baixa escolaridade mantém país no “top 10” da desigualdade mundial, avalia economista da FGV

Gilberto Costa
Repórter da Agência Brasil
A baixa escolaridade da população brasileira mantém o país entre as dez nações mais desiguais do mundo. “Ainda estamos no top 10 da desigualdade mundial”, afirma o economista-chefe do Centro de Políticas Sociais vinculado à Fundação Getulio Vargas (FGV), Marcelo Côrtes Neri.
 
Análise publicada pelo economista na última sexta-feira (10) mostra que desde 1996 há redução do índice de Gini. O indicador, que mede a concentração de renda (quanto mais perto de 1, maior a desigualdade), caiu de 0,6068, naquele ano, para 0,5448, em 2009.

Apesar da queda, o índice brasileiro é superior ao de países como os Estados Unidos (em torno de 0,400) e da Índia (0,300); e está próximo ao de nações mais pobres da América Latina e do Caribe e da África Subsaariana. “Saímos do pódio, mas ainda estamos entre os mais desiguais”, aponta o economista.

Segundo Marcelo Neri, para diminuir a desigualdade é preciso que a renda das classes mais baixas continue crescendo; que se mantenham programas sociais focados na população mais pobre; e, sobretudo, que o Estado amplie a oferta de educação de mais qualidade e as pessoas permaneçam na escola.

O sociólogo e cientista político Simon Schwartzman, presidente do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (Iets), assinala que “a educação no Brasil é muito ruim” e que há um “excesso de valorização” da escolaridade, o que explica a grande diferença salarial entre quem tem curso superior e quem não tem nenhuma formação. Para ele, o desempenho educacional “não tem melhorado muito” e, portanto, nos próximos dez anos o quadro de desigualdade permanecerá.

Para o gerente da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Cimar Azeredo, o Brasil tem “mazelas que não se desfazem de uma década para outra”. Ele citou a diferença entre a renda de homens e mulheres, brancos e negros. “O passivo é muito grande. Somos há muito tempo um país desigual.”


O estatístico e economista Jorge Abrahão de Castro, diretor de Estudos e Políticas Sociais do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), confirma que o país ainda vive “as sequelas do passado” demonstradas, por exemplo, na última Pnad, que, além da desigualdade perene, indica que um em cada cinco brasileiros com 15 anos ou mais tem menos de quatro anos de estudo.

De acordo com a Pnad, o percentual de crianças e adolescentes de 6 a 14 anos na escola em 2009 era de 97,6%. Na avaliação dos especialistas, a permanência dessas crianças na escola resultará em melhoria de renda no futuro.

Para Marcelo Neri, da FGV, a chamada nova classe média brasileira, com mais de 95 milhões de pessoas, é formada por crianças e adolescentes que entraram e permaneceram na escola nos anos 90, quando houve universalização do acesso ao ensino.
Edição: Juliana Andrade

fonte:agenciabrasil.ebc.com.br

7.9.10

Estudo liga infidelidade masculina a QI mais baixo

Homens que não traem as mulheres seriam mais 'evoluídos', diz estudo
Homens que traem as esposas e namoradas tendem a ter QI mais baixo e ser menos inteligentes, segundo um estudo publicado na revista especializada Social Psychology Quarterly.

De acordo com o autor do estudo, o especialista em psicologia evolutiva da London School of Economics, Satoshi Kanazawa, “homens inteligentes estão mais propensos a valorizar a exclusividade sexual do que homens menos inteligentes”.

Kanazawa analisou duas grandes pesquisas americanas a National Longitudinal Study of Adolescent Health e a General Social Surveys, que mediam atitudes sociais e QI de milhares de adolescentes e adultos.

Ao cruzar os dados das duas pesquisas, o autor concluiu que as pessoas que acreditam na importância da fidelidade sexual para uma relação demonstraram QI mais alto.

De acordo com o estudo, o ateísmo e o liberalismo político também são características de homens mais inteligentes.

Evolução

Kanazawa foi mais longe e disse que outra conclusão do estudo é que o comportamento "fiel" do homem mais inteligente seria um sinal da evolução da espécie.

Sua teoria é baseada no conceito de que, ao longo da história evolucionária, os homens sempre foram “relativamente polígamos”, e que isso está mudando.

Para Kanazawa, assumir uma relação de exclusividade sexual teria se tornado então uma “novidade evolucionária” e pessoas mais inteligentes estariam mais inclinadas a adotar novas práticas em termos evolucionários – ou seja, a se tornar “mais evoluídas”.

Para o autor, isso se deve ao fato de pessoas mais inteligentes serem mais “abertas” a novas ideias e questionarem mais os dogmas.

Mas segundo Kanazawa, a exclusividade sexual não significa maior QI entre as mulheres, já que elas sempre foram relativamente monogâmicas e isso não representaria uma evolução.
fonte; BBC Brasil

2.9.10

Decisão do STJD dá condição ao Funorte de disputar a 1ª divisão do campeonato mineiro de futebol

Jornal de Belo Horizonte acaba de noticiar decisão do STJD - Superior Tribunal de Justiça Desportiva-, que altera decisão do Tribunal de Justiça de MG, que  em julgamento anterior deu ganho de causa ao Mamoré da cidade de Patos de Minas, em uma questão que o Funorte de Montes Claros o acusava de ter colocado atleta em jogo de forma irregular
Veja na íntegra a notícia do Jornal O Tempo Online:
"Terceiro colocado na Segunda Divisão, o Funorte ganhou a chance de disputar o Campeonato Mineiro de 2011. A equipe de Montes Claros ficou com a vaga do Mamoré, vice-campeão do Módulo II, que foi punido nesta quinta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ter escalado irregularmente o jogador Vitinho durante a disputa da Segunda Divisão do Mineiro.


Com isso, o STJD alterou a decisão do Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais (TJD-MG), que havia absolvido o clube de Patos de Minas. Agora, o Funorte terá a oportunidade de disputar pela primeira vez a divisão principal do Mineiro em seus três anos de existência.


A Federação Mineira deverá homologar a participação do time de Montes Claros na Primeira Divisão ao lado do Guarani, que venceu o Módulo II. Em novembro, deverão ser divulgados o regulamento e a tabela do Mineiro de 2011".

1.9.10

Reposicionamento e pagamento de professores

Após nove meses de impasse, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) autorizou o governo de Minas a realizar o reposicionamento dos servidores estaduais por tempo de serviço nas carreiras do Estado. O decreto que regulamentava a medida havia sido anunciado pelo então governador Aécio Neves (PSDB) no dia 31 de dezembro do ano passado, mas ainda não havia sido implantada por recomendação da Advocacia Geral do Estado em respeito à legislação eleitoral.

Segundo cálculos da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), o reajuste terá impacto mensal de R$ 38 milhões e já está previsto no orçamento do Estado.

Perfurações encontram gás no Rio São Francisco

Zulmira Furbino - Estado de Minas
Existe gás natural na porção mineira do Rio São Francisco. A notícia foi comunicada ontem pela Orteng, líder do consórcio que reúne Codemig, Imetame Energia e Delp Engenharia no projeto de exploração do combustível no estado à Agência Nacional de Petróleo (ANP). Os trabalhos de perfuração das áreas promissoras para exploração de gás natural em Morada Nova de Minas, na Região Central do estado, começaram no início de julho, mais de duas décadas e meia depois dos primeiros estudos iniciados na área e, posteriormente, abandonados pela própria Petrobras. “O volume encontrado ainda está em análise, mas a princípio é significativo. Estamos muito esperançosos”, diz Frederico Macedo, gerente -geral de óleo e gás da Orteng.
O gás foi encontrado em um poço pioneiro a 1.440 metros de profundidade, um alvo secundário para o consórcio, que pretende continuar a perfuração até alcançar 2. 500 metros, o que será feito em 20 dias. Hoje, 50 trabalhadores estão envolvidos na busca pelo combustível na Bacia do São Francisco. De acordo com Renato Fonseca, géologo da Codemig e responsável pela escolha do local onde o poço foi perfurado, a expectativa do volume de gás é excepcional. “Ainda não dá para firmar um número, porque será necessária uma análise técnica mais apurada. Mas o mais significativo é a descoberta em si”, sustenta. Segundo ele, a vazão do combustível vai ser objeto de estudos adicionais. “Essa será uma das maiores províncias produtoras de gás no Brasil.”
O prazo para o início das operações vai depender do ritmo de investimento e do licenciamento ambiental para o projeto. Segundo o geólogo, porém, o fato é que o quadro da produção de energia em Minas será radicalmente modificado. “Isso será extremamente importante para a região.” No total, o primeiro poço de gás natural deverá consumir investimentos de R$ 17 milhões, incluindo R$ 7 milhões já aplicados em geoquímica de superfície, aerolevantamentos e estudos sísmicos. A descoberta e a exploração do combustível é aguardada na Região do São Francisco como a redenção econômica de uma área formada por Morada Nova, Paineiras, Tiros e São Gonçalo do Abaeté, nas mediações da represa de Três Marias, além de Santa Fé de Minas, município de 4 mil habitantes no Noroeste do estado.
A expectativa está aberta em duas frentes: a primeira é a chegada do dia em que a riqueza que dorme no subsolo da região será transformada em dinheiro depositado nos cofres municipais, por meio do recebimento de royalties pela exploração do produto. A outra diz respeito à chegada de fábricas de cerâmicas, de fertilizantes e indústrias siderúrgicas na bacia do rio, atraídas pela oferta de gás natural. A Prefeitura de Morada Nova lançou, com recursos negociados junto aos governo federal e estadual, um pacote de obras de infraestrutura de R$ 9 milhões, como parte de iniciativas de planejamento da cidade.
Fonte: portal Uai