18.11.10

Joel da Cruz Santos ex-Prefeito de Taiobeiras é condenado a dois anos e três meses de prisão

Ex-prefeito do Norte de Minas é condenado por corrupção de menores
Agência Estado
O ex-prefeito do município de Taiobeiras, no Norte de Minas, Joel da Cruz Santos, foi condenado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais, pelo crime de corrupção de menores. A pena foi de dois anos e três meses de reclusão em regime semiaberto, mas cabe recurso.
Segundo a denúncia do Ministério Público, quando era prefeito, em 1997, Joel pagou a garotas menores de idade para fazerem sexo com ele. A juiza responsável pelo caso condenou o réu por corrupção de menors, mas não ficou comprovado o favorecimento à prostituição pois, segundo a juíza, o ex-prefeito pagou menores para satisfazer o seu próprio interesse sexual, e não para que elas entrassem no comércio profissional do sexo.
A pena foi aplicada com uma atenuante, que é o fato de o acusado ter mais de 70 anos na data da sentença, e com a agravante de ele ter cometido o crime com abuso de poder, em função do cargo público que ocupava na ocasião.
Em 1997, os casos de prostituição infantil no Norte de Minas motivaram a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa. Naquela época, foram feitas várias denúncias contra o então prefeito de Taiobeiras, que exploraria sexualmente menores de idade do município

Nenhum comentário: