21.12.10

Significado das siglas das estradas brasileiras

Férias -  Ao sair de férias, é sempre bom conhecer um pouco mais sobre as nossas estradas. Aqui estão algumas curiosidades que podem ser bastante úteis a quem estará pegando a estrada nessas férias, principalmente àqueles que as enfrentam pela primeira vez.

RODOVIAS ESTADUAIS
Estas rodovias tem as siglas iniciadas com as respectivas siglas de seus Estados, MG, BA, GO, por exemplo.
Todas as federais começam em BR, mas o número depende da direção.

Para saber a distância entre as cidades, clique no link  http://www1.dnit.gov.br/rodovias/distancias/distancias.asp


RODOVIAS RADIAIS
São as que partem de Brasília rumo ao interior desenhando um círculo ao redor da capital federal. São apenas oito estradas radiais: BR-010, 020, 030, 040, 050, 060, 070 .  A BR-020, por exemplo, liga Brasília a Fortaleza


RODOVIAS LONGITUDINAIS
Cortam o pais no sentido norte-sul. Há 14 rodovias desse tipo, cujo número vai de 100 a 199, sendo que 100 a 150 são as estradas a leste de Brasília e de 151a 199, a oeste da capital. A BR-153, por exemplo, liga Marabá (PA) a Aceguá (RS)


RODOVIAS TRANSVERSAIS
São as 21 estradas que cruzam o país na direção leste-oeste. Variam de 200 a 299, sendo que 200 a 250 ficam com as rodovias ao norte de Brasília e 250 a 299 para as vias ao sul do Distrito Federal. A BR-230, por exemplo, liga Cabedelo (PB) a Benjamin Constant (AM)


RODOVIAS DIAGONAIS
Seguem os rumos noroeste-sudeste ou nordeste-sudoeste. O número varia de 300 a 399, sendo que as pares cruzam o país na direção noroeste-sudeste e as ímpares rumam por nordeste-sudoeste. A BR-364, por exemplo, vai de Limeira (SI) ao Acre


RODOVIAS DE LIGAÇAO
Essas rodovias conectam duas rodovias ou pelo menos uma rodovia federal e um ponto importante. São 85 estradas diagonais numeradas de 400 a 499, sendo que as de 400 a 450 passam ao norte do paralelo de Brasília e as de 451 a 499 passam ao sul. A BR-407, por exemplo, vai de Piripiri (PI) a Anajé (BA)


Par ou ímpar?
Nas estrados estaduais, a regra é parecida, mas há menos variações
As regras para os nomes das rodovias estaduais são bem parecidas com as das federais. As rodovias radiais, que ligam a capital ao interior, recebem números pares. Já as estradas com números ímpares são as transversais, que cruzam o estado sem passar pela capital. Em São Paulo, por exemplo, a SI’- 270 vai da capital até Presidente Prudente, chegando à divisa com o Mato Grosso do Sul. Já a SP-425 vai do norte do estado, começando em Miguelópolis, e chega à divisa com o Paraná.


Fonte: Departamento Nacional de infra-estrutura de transportes (DNIT

Nenhum comentário: