30.3.11

Merenda escolar será enriquecida com peixe de pescadores ou produtores artesanais

foto de divulgação/Codevasf
Peixe na merenda escolar: Pescado coletado por pescadores artesanais ou criado por agricultores familiares completará o cardápio da merenda escolar em pelo menos 20% das cidades brasileiras até o próximo ano
No momento em que o Ministério da Pesca e Aquicultura quer que o pescado coletado por pescadores artesanais ou criado por agricultores familiares integre o cardápio da merenda escolar em pelo menos vinte por cento das cidades brasileiras até o próximo ano, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba – Codevasf se apresenta como um dos primeiros e principais órgãos do governo federal para atendimento às pretensões ministerial.
O técnico em pesca e aquicultura da Codevasf em Minas, Fernando Alves, disse que a Companhia já se prepara para treinar e capacitar os membros dos conselhos de alimentação escolar, nutricionistas e serventes escolares dos municípios do alto São Francisco.
Alves explica que o pescado, em especial a polpa de peixe, apresenta características favoráveis à sua introdução na merenda escolar, tais como: valor nutritivo elevado, boa aceitação pelas crianças, facilidade de preparo e armazenagem e reduzido valor comercial, além de contribuir para a elevação da renda dos piscicultores e, ainda, a redução dos impactos ambientais – obtida pela diminuição dos resíduos.
Nos oito municípios do Comlago, serão beneficiados, inicialmente, mais de 15 mil alunos que fazem parte do Programa Nacional de Alimentação Escolar, com recursos do governo federal, repassados aos municípios.

Nenhum comentário: