13.5.11

Área da barragem de Jequitaí será desapropriada. Garante O Governador Anastasia

Codevasf e Ruralminas vão desapropriar 9 mil hectares
Rio Jequitaí
O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, destacou a importância do memorando, que se desdobra em dois importantes instrumentos. O primeiro, um convênio entre a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) e a Fundação Rural Mineira (Ruralminas), para o processo de desapropriação de mais de nove mil hectares, área a ser inundada pela construção da barragem de Jequitaí I. O segundo instrumento é um Memorando de Entendimento entre o Ministério da Integração, o Governo de Minas e a IFC, subsidiária do Banco Mundial, que desenvolverá estudos de viabilidade para modelagem de um programa de parceria público-privada no empreendimento Jequitaí.


O projeto avançará na construção da barragem Jequitaí II, fará o aproveitamento energético das duas barragens e, ainda, viabilizará o programa de irrigação de 30 mil hectares. "No primeiro convênio, no valor de R$ 95 milhões, o Governo federal já transferiu R$ 40 milhões para o Governo mineiro para ações que dizem respeito ao pagamento das desapropriações e ao cumprimento da licença ambiental já adquirida, para que possamos ter até o início de agosto a licença de implantação", afirmou o ministro.


Entidades parceiras


Estão envolvidos no convênio o Ministério da Integração nacional, por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), a Fundação Rural Mineira (Ruralminas), a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Minas Gerais (Seapa), a Secretaria de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas (Sedvan) e a International Finance Corporation (IFC).


Além do governador Antonio Anastasia e do ministro Fernando Bezerra, assinaram o Protocolo de Intenções o presidente em exercício da Codevasf, Clementino de Souza Coelho, o presidente da Ruralminas, Luiz Afonso Vaz de Oliveira, os secretários de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento, e de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas, Gil Pereira, e o diretor da Internacional Finance Corporation, Loy Pires.
Fonte:Imprensa Oficial de MG

Nenhum comentário: