22.7.11

Professores estão perdendo em todas as áreas

Justiça absolve aluno que matou professor do Izabela Hendrix 


Amilton Loyola Caires 
Juiz considerou laudo que atesta esquisofrenia do universitário. A sentença determina que ele seja internado em uma instituição psquiatrica por no mínimo três anos.
A Justiça absolveu o universitário Amilton Loyola Caires, de 24 anos, acusado de matar a facadas o professor Kássio Vinícius Castro Gomes, de 39 anos, dentro do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, no Bairro de Lourdes, na Região Centro-Sul de BH. O crime ocorreu em 7 de dezembro do ano passado.
De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), baseado em laudo psiquiátrico, o juiz presidente do II Tribunal do Júri do Fórum Lafayette, Glauco Eduardo Soares Fernandes, em substituição ao juiz sumariante, absolveu e determinou a internação, por período mínimo de três anos do acusado. Segundo o TJMG, o laudo de sanidade mental do acusado apontou esquizofrenia, assim, o magistrado entendeu que ele era inimputável, ou seja, não poderia ser responsabilizado pelo crime. O Ministério Público Estadual (MPE) também pediu a absolvição do réu e a internação.
fonte:Portal Uai (EM)

Nenhum comentário: