31.3.12

Seca já traz sérios transtornos para sertanejos do norte de Minas Gerais


Em Espinosa, falta água para moradores da cidade e da zona rural.
Estiagem veio antes e pegou as pessoas de surpresa.


A seca castiga algumas cidades do extremo Norte de Minas Gerais. Segundo moradores da região, março é mês de chuva, mas, este ano, a estiagem começou mais cedo e pegou muita gente de surpresa. No município de Espinosa falta água para a população.A barragem do principal reservatório de Espinosa está com nível crítico. Os moradores têm acesso a um poço, mas a água é imprópria para o consumo. Água potável só uma vez por semana.

De acordo com o secretário municipal de Agricultura, Nilson Faber Sepúlveda, o Exército fazia a distribuição da água captada em Porteirinha, a 80 quilômetros de Espinosa, mas eles pararam com o serviço desde fevereiro. Atualmente, dois caminhões da prefeitura fazem o trabalho.

O técnico da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) Jorge Murilo Tolentino torce pela volta da chuva e diz que a situação é crítica. Alguns moradores são obrigados a viajar de carroça cerca de seis quilômetros para buscar água.
A assessoria de comunicação do Exército informou que conseguiu recursos para retomar o programa de distribuição de água para cidades da região.

Do G1 MG, com informações da Inter TV.

28.3.12

Ver TV é atividade preferida pelo brasileiro no tempo livre, leitura fica em sétimo


Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O índice de brasileiros que prefere ler no seu tempo livre caiu de 36% entre 2007 para 28% em 2011. É o que aponta a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, divulgada hoje (28) pelo Instituto Pró-Livro. O estudo tem como objetivo identificar os hábitos e as preferências dos leitores brasileiros. Assistir televisão continua sendo a atividade preferida e foi escolhida por 85% dos entrevistados. Em seguida aparecem escutar música ou rádio (52%), descansar (51%) e reunir-se com amigos e a família (44%). Cada entrevistado escolheu até cinco opções.
A leitura – incluindo jornais, livros, revistas e textos na internet – aparece em sétimo lugar na lista das atividades que o brasileiro mais gosta de fazer no seu tempo livre. Enquanto o percentual de entrevistados que declara gostar de ler cai, o grupo dos que aproveitam o tempo ocioso para acessar a internet subiu de 18% para 24% entre 2007 e 2011. A pesquisa também identificou um novo comportamento que não estava no estudo anterior: acessar as redes sociais, indicado como atividade frequente por 18% dos entrevistados.
Setenta e cinco por centro dos entrevistados dizem que leem por prazer e 25% por obrigação. Entre os entrevistados, 49% disseram ler mais hoje do que no passado, 28% acreditaram ler menos e 20% avaliaram que leem na mesma quantidade. A principal razão apontada por aqueles que diminuíram o volume da leitura foi o desinteresse (78%), o que inclui a falta de tempo, a preferência por outras atividades e a “falta de paciência para ler”. Apenas 4% apontaram a dificuldade de acesso aos livros como motivo para ler menos, o que inclui o preço do livro, a falta de bibliotecas perto de casa ou de livrarias.
Entre os participantes, 64% concordaram totalmente com a afirmação “ler bastante pode fazer uma pessoa vencer na vida e melhorar sua situação econômica”. Ao mesmo tempo, a maior parte diz que não conhece ninguém que tenha progredido na vida por ler muito.
O estudo também perguntou ao entrevistado qual era o significado da leitura para ele. Para 64%, a leitura é uma “fonte de conhecimento para a vida”. Entre as principais respostas obtidas estão ainda “fonte de conhecimento para atualização profissional” (41%) e “fonte de conhecimento para a escola” (35%). Apenas 6% consideram a leitura uma atividade cansativa e 5% acham que é entediante.


Edição: Lílian Beraldo

Jornal NYTimes, destaca sistema de escolas públicas da Bahia que rastreia alunos com "chips" no uniforme


MUNDIAL BRIEFING | AS AMÉRICAS

Brasil: Estudantes chips de computadores Pista




Logo Mundial Twitter.

Conecte-se conosco no Twitter

Siga @ nytimesworld de notícias internacionais quebra e manchetes.
Grade-escolar os alunos em uma cidade do nordeste brasileiro estão usando uniformes incorporados com chips de computador que os pais de alerta se eles estão cortando classes, secretário da cidade educação, Coriolano Moraes, disse quinta-feira.Vinte mil estudantes em 25 de 213 Vitória da Conquista de escolas públicas começaram a usar camisetas com os chips esta semana, o Sr. Moraes disse. Até 2013, toda a cidade 43.000 alunos de escolas públicas será de usá-los, acrescentou. Os chips enviar uma mensagem de texto para os celulares dos pais quando seus filhos entram para a escola ou alertar os pais se seus filhos não chegaram 20 minutos depois das aulas terem começado. O governo municipal investiu 670.000 dólares no projeto, o Sr. Moraes disse.

vingança: governo de minas nega merenda a professor


Governo de Minas  não para de perseguir professores

É tomado pelo sentimento revanchista que o Governo de Minas (é, ele mesmo, o governo de Aécio Neves e Antônio Anastasia, aquele das belas propagandas na TV) resolveu fiscalizar o que os professores comem nas escolas.

Quem mandou a categoria organizar uma greve histórica em 2011? Quem mandou a categoria reivindicar seus direitos? Quem mandou a categoria divulgar que o Governo de Minas não cumpre a lei federal que institui o piso salarial nacional?
A vingança mesquinha do Governo de Minas não tardou. Depois de atrasar salários e tentar colocar a sociedade contra a categoria, usando dinheiro público para divulgar mentiras sobre a situação da educação em Minas Gerais na TV, nos jornais e no rádio, agora as escolas públicas do Estado não podem oferecer aos professores a merenda feita diariamente. Nem o cafezinho feito com o pó, a água e o gás da escola está permitido!
É preciso destacar que a lei NÃO proíbe o consumo da merenda pelosprofessores e que  o Governo de Minas NÃO oferece ticket alimentação aos professores.

23.3.12

MP de Minas vai investigar repasses de verbas para rádio de Aécio. Será?


 

Ouvir falar que o Ministério Público de Minas irá investigar atos corruptos do Senador Aécio Neves e do Governo de Minas, é demais para nossos ouvidos. Não que eles não tenham "rabo preso", mas é que ultimamente o Ministério  Público tem agido de forma suspeita e sempre a favor do Governo, haja visto durante campanhas salariais dos professores na última greve de 2011, onde houve uma pressão anormal para por fim ao movimento, que deixou a população desacreditada da imparcialidade da entidade.

Enquanto parte da população mineira insistir com esse Aécio, Minas continuará perdendo. Atualmente, estados como Rio de Janeiro e Pernambuco, por serem afinados com o Governo Federal tem se saído muito melhor e acompanhando o desenvolvimento do pais, enquanto Minas vê crescendo sua dívida com a União e cheiro de corrupção em favor da obsessão pela candidatura tucana (Aécio) ao Planalto. Acontece, que qualquer candidatura que se fizer oposição ao atual governo, não passará de um tiro n'água, ou seja, são terá a mínima chance de sucesso.
Bom mesmo, seria nossa sociedade avaliar melhor todas essa denúncias e ver que Minas tem se tornado um estado diferente do restante do Brasil. Aqui, burlar Leis, prejudicar trabalhadores, impor censura, manipular parte da imprensa, manipular dados estatísticos da educação, da segurança e de tudo que lhe forem convenientes tem se tornado práticas comuns.
A própria Constituição Federal, ao meu ver foi contrariada por esse governo, por ocasião da promulgação da Lei 100/2008
que admitiu quase 100 mil servidores como efetivados sem prestar concurso público, inclusive, deixando prescrever o concurso de "serviçais" da educação, sem se quer devolver as taxas de inscrição, e por último, ele comete um verdadeiro "estupro" aos professores ao lhes tirarem benefícios conquistados há décadas de trabalho, criando assim uma artimanha que visa burlar mais um,a Lei Federal a 11.738/2008 que criou o Piso Salarial Nacional dos Professores.
Assessores do senador Aécio Neves também são pagos por MG
MP de Minas vai investigar repasses para rádio de Aécio 


Tchau Aécio, Fora Anastasia e PSDB!!!

17.3.12

Criança fora da escola pode dar multa e até prisão dos pais


Um juiz da Bahia lançou uma nova medida para alunos do interior do estado. Se alguma criança matar aula, terá de pagar multa. E os pais que não matricularem os filhos na escola, poderão ser presos
click  na imagem


16.3.12

Morre Aziz Ab'Sáber, decano da geografia física no Brasil

A Geografia  fica mais pobre

Aziz Nacib Ab'Sáber, pesquisador da USP e um dos maiores especialistas em geografia física do país, bem como uma voz ativa nos debates sobre biodiversidade e preservação ambiental, morreu na manhã desta sexta-feira, às 10h20, em São Paulo. Ele tinha 87 anos.
A informação foi dada pela SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência), instituição que Ab'Sáber presidiu de 1993 a 1995 e da qual era presidente de honra e conselheiro.
Ab'Sáber morreu em casa. "Ele tomou café, sentou na cama e deu um suspiro. Morreu em seguida, foi fulminante", disse Nídia Nacib Pontuschka, irmã do geógrafo. Ela afirma que a causa da morte ainda não foi identificada, mas suspeita-se que tenha sido um infarto ou um derrame.
Ela confirmou que o velório será hoje na FFLCH (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas) da USP, na Cidade Universitária, a partir das 19h. O enterro será amanhã de manhã no Cemitério da Paz, no Morumbi.
Ab'Sáber nasceu em São Luís do Paraitinga (SP) em 24 de outubro de 1924. Seu pai era libanês.
    

Silva Júnior/Folhapress

Foto de arquivo do geógrafo Aziz Ab'Saber, ao receber o troféu Juca Pato como intelectual do ano de 2011
Foto de arquivo do geógrafo Aziz Ab'Saber, ao receber o troféu 
Juca Pato como intelectual do ano de 2011
Silva Júnior/Folhapress
Embora já estivesse aposentado, Ab'Sáber continuava publicando livros e sendo um observador arguto das controvérsias políticas envolvendo a questão ambiental.
Envolveu-se, por exemplo, com a discussão do novo Código Florestal, que pode alterar as áreas de preservação obrigatórias em propriedades particulares, nos últimos dois anos.
Segundo a SBPC, o geógrafo criticou o texto por não considerar o zoneamento físico e ecológico de todo o país, deixando de lado a importância da diversidade de paisagens naturais no Brasil.
O estudioso também chegou a sugerir a criação de um Código da Biodiversidade para implementar a proteção a espécies da flora e da fauna.
LAUREADO
O site da SBPC traz uma extensa lista dos prêmios recebidos por Ab'Sáber ao longo da carreira. Destacam-se o Prêmio Jabuti em ciências humanas (1997 e 2005) e em ciências exatas (2007), o Prêmio Almirante Álvaro Alberto para Ciência e Tecnologia (1999), concedido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, a Medalha de Grão-Cruz em Ciências da Terra pela Academia Brasileira de Ciências; e o Prêmio Unesco para Ciência e Meio Ambiente (2001), concedido pelas Nações Unidas.

Fonte: Folha Online

8.3.12

Piso Salarial dos professores de Minas de R$2.200,00?

Governo mente e população acredita

Desta vez, eu não vou aqui reproduzir  na íntegra, matéria da Agência Brasil na qual são divulgados os valores  mínimos pagos a professores de todos os estados da federação.
Na matéria há informação de que nove estados ainda não pagam o Piso Nacional do Magistério, mas para minha surpresa, eu como professor com mais de vinte anos de trabalho, não só vi o Nome de Minas Gerais entre os que cumprem com a Lei como vi também uma relação por estados onde consta que Minas Gerais paga um valor mínimo de R$2.200,00. Sendo assim, cadê a diferença que tenho direito?
Confira vocês mesmos acessando este link http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-03-08/nove-estados-ainda-nao-pagam-valor-do-piso-nacional-dos-professores-para-2012

7.3.12

Paulo Freire é declarado patrono da educação brasileira



Em decisão terminativa, por unanimidade, a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado, aprovou nesta terça-feira (6) o projeto de lei da Câmara (PLC 50/11), que declara o educador Paulo Freire patrono da educação brasileira. Caso não seja apresentado recurso para votação da matéria em plenário, o texto seguirá diretamente para sanção da presidente Dilma Rousseff.

paulo freire patrono da educação
O educador Paulo Freire é unanimidade na Educação / foto: divulgação


 O projeto, que teve como relator na comissão o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), é de autoria da deputada Luiza Erundina, que nomeou Freire como seu secretário de Educação, quando foi prefeita de São Paulo, a partir de 1989. Segundo a deputada, Freire, falecido há 15 anos, provocou então uma “verdadeira revolução educacional na cidade de São Paulo”.


Paulo Freire nasceu em Recife em 1921, ficou órfão aos 13 anos e enfrentou uma “infância difícil”, como observa a deputada na justificativa de seu projeto. Formou-se em Direito, mas nunca exerceu a advocacia.

Foi em 1960 que desenvolveu um método “simples e revolucionário” de alfabetização de adultos. Durante o governo do presidente João Goulart, coordenou o Programa Nacional de Alfabetização, que tinha o objetivo de alfabetizar cinco milhões de pessoas.

O criador da “pedagogia da libertação” chegou a ser preso em 1964, exilando-se depois no Chile e percorreu diversos países, sempre levando o seu modelo de alfabetização, antes de retornar ao Brasil, em 1979, após a publicação da Lei da Anistia.

A partir da década de 60, observou o relator do projeto, a “pedagogia da libertação” passou a simbolizar a contribuição de Freire ao pensamento pedagógico mundial.

"Paulo Freire é um dos brasileiros mais conhecidos no exterior. Um brasileiro que tem bustos em praças e é nome de rua em países da África e América Latina. Seus livros foram traduzidos para diversos idiomas e se transformaram em clássicos do pensamento relacionado à educação em todo o mundo. Houvesse um Prêmio Nobel para a educação, Paulo Freire possivelmente teria sido agraciado", disse Cristovam.

Fonte: Agência Senado

5.3.12

Problemas na Educação e na Cidade Administrativa são temas de audiências na ALMG, esta semana


Duas audiências públicas vão movimentar a Assembleia Legislativa esta semana. No dia 7/3, às 9h, a Comissão de Direitos Humanos da Casa vai tentar obter esclarecimentos sobre a propaganda do Governo de Minas, veiculada em todos os meios de comunicação e protagonizada pela atriz Débora Falabella, a respeito da educação no Estado. Ainda será pauta desta reunião a chamada “Carta Antigreve”, encaminhada pela Secretaria Estadual de Educação a todas as unidades estaduais de ensino, contendo informações da última greve dos professores, a qual seria distribuída aos pais e alunos pela escola, configurando assédio moral a diretores e trabalhadores em Educação por parte do Governo.

Já no dia 8/3, às 14h45, reunião conjunta das comissões de Participação Popular e de Transporte, Comunicação e Obras Públicas discute os problemas de infra-estrutura registrados na Cidade Administrativa, como a queda de quatro janelas e as diversas rachaduras e infiltrações, que vêm gerando pânico nos servidores e populares que frequentam o local.
Ambas as audiências acontecem a requerimento do Deputado Rogério Correia e serão transmitidas pela TV Assembleia. 

O que será que o Anastasia respondeu ao repórter?




Durante a visita do Governador Antonio Anastasia à Unimontes aqui em Montes Claros, um grupo de profissionais da Educação pública do Estado, fizeram manifestação pacífica na entrada do campus daquela instituição. Eles  reivindicavam o cumprimento da Lei 11738/2008 que instituiu o Piso Salarial Nacional para os professores e  protestavam contra aquilo que é considerado por todos os profissionais como um "assalto", que foi a extinção do plano de carreiras criado por ele mesmo além de  uma série de abusos cometidos durante a maior greve do setor em Minas Gerais.
Logo abaixo está um vídeo que registra parte da manifestação, no qual pode se notar a energia com que o Presidente da Sub-Sede de Montes Claros, José Gomes Filho comanda o ato.
Após essa visita o Governador viajou para a Itália onde  iria acertar os últimos detalhes da vinda de uma fábrica de máquinas agrícolas e de construção civil da FIAT e que será instalada em Montes Claros.
Antes do embarque, o mesmo concedeu entrevista à rádio Itatiaia e que foi ao ar em 05/03 durante o Jornal da Itatiaia, onde ele falou sobre o crescimento da violência no Estado, conforme tem registrado as estatísticas, respondeu também a uma pergunta sobre como ele estava encarando o reajuste de 22,22% determinado pelo MEC para os professores de todo o Brasil.
Como resposta ele afirmou: "Minas possui, juntamente com os estados de Mato Grosso e Espírito Santo, uma Legislação própria que o deixa tranquilo, uma vez que foi criado um sistema remuneratório de parcela única (subsídio) que é maior que o PSN, o que ele em particular, acha realmente que é pouco, mas que é o que está dentro da realidade financeira do estado".




Justiça manda governo gaúcho pagar piso a professores


Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil
Brasília – A Justiça Estadual do Rio Grande do Sul determinou que o governo cumpra a lei do piso nacional do magistério e pague aos professores da rede o valor determinado para 2012 de R$ 1.451. O juiz José Antônio Coitinho decidiu ainda que o governo gaúcho deverá pagar os valores retroativos aos profissionais da rede, com correção da inflação.
Atualmente, o piso pago aos professores da rede de ensino do Rio Grande do Sul, por uma jornada semanal de 40 horas, é R$ 977. O cumprimento da ação não será imediato porque ainda cabe recurso. No caso de profissionais com carga horária inferior a 40 horas, o pagamento deverá ser feito de forma proporcional, de acordo com a decisão da Justiça.
O juiz determinou que a previsão do pagamento do piso deverá ser incluída no orçamento do estado a partir de 2013 e em todos os anos seguintes. José Antonio Coitinho descartou ainda a possibilidade de que o valor do piso seja entendido como remuneração total. Alguns governos estaduais e prefeituras alegam que já pagam o valor determinado pela lei, ao incluir, na conta, gratificações, abonos e outros adicionais que compõem o contra-cheque dos professores.
“Entender que o piso é a totalidade da remuneração implica ignorar as vantagens pessoais conquistadas pelos servidores, achatando a remuneração da categoria e colocando em um mesmo padrão remuneratório pessoal com diferentes tempos de serviço e diferentes vantagens pessoais”, alega o juiz na decisão.
A Lei do Piso foi criada em 2008 e determinou um valor mínimo que deve ser pago a todos os professores de escola pública com formação de nível médio e jornada de 40 horas semanais. A legislação foi questionada por governadores no Supremo Tribunal Federal ainda em 2008, mas a Corte confirmou sua validade no ano passado. Estados e municípios alegam dificuldade financeira para pagar os valores determinados.

Edição: Lana Cristina

2.3.12

Nota da Saúde em Minas é abaixo do ideal


Minas Gerais, assim como todos os Estados do país, teve o serviço público de saúde considerado abaixo do ideal, segundo balanço do Ministério da Saúde (MS) divulgado ontem por meio do Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde (IDSUS). O Estado fez 5,87 pontos na avaliação do governo federal, com cálculo que varia de zero a dez.
A pasta avaliou as condições de acesso e efetividade de serviços de saúde na atenção básica, ambulatorial, hospitalar, urgência e emergencial. Os percentuais de exames demandados, partos normais, doenças curadas e números de médicos também foram verificados, num total de 24 indicadores de saúde.
Fonte: O Tempo online

1.3.12

Um puco de humor


Leia ate o fim. Muito bem bolado.



O GOVERNANTE ANTES DA POSSE


Nosso partido cumpre o que promete.
Só os tolos podem crer que
não lutaremos contra a corrupção. 
Porque, se há algo certo para nós, é que 
a honestidade e a transparência são fundamentais. 
para alcançar nossos ideais
Mostraremos que é grande estupidez crer que
as máfias continuarão no governo, como sempre. 
Asseguramos sem dúvida que 
a justiça social será o alvo de nossa ação.
Apesar disso, há idiotas que imaginam que 
se possa governar com as manchas da velha política.
Quando assumirmos o poder, faremos tudo para que
se termine com os marajás e as negociatas. 
Não permitiremos de nenhum modo que
nossas crianças morram de fome. 
Cumpriremos nossos propósitos mesmo que
os recursos econômicos do país se esgotem.
Exerceremos o poder até que 
Compreendam que
Somos a nova política. 
DEPOIS DA POSSE:

Basta ler o texto, DE BAIXO PARA CIMA....

Obs.: Material recebido por email sem os crédito do autor